PERCEPÇÕES
Gazeta de Limeira

PERCEPÇÕES

24/07/2018 - Colunas

Colunas


REVOLTANTE
Clima seco, muita gente passando mal, e chega final de tarde ou noite, sempre tem um canto da cidade com fumaça; pior que isso: é possível sentir e muita gente passa mal. Obviamente que tem os desavisados, que ainda acham que colocar fogo em mato é uma forma de limpar terreno (santa ignorância!), mas também tem muita gente maldosa. 
 
E AÍ? VAMOS 
FAZER ALGO?
Foi-se o tempo em que, com antecedência, era feito o lançamento da chamada 'operação inverno', em que eram reunidos diversos órgãos (Defesa Civil, Bombeiros, Unicamp, secretarias da Saúde, Meio Ambiente, Obras, e outros, como hospitais) para uma ação coordenada que pudesse prevenir situações inerentes a este período. Como cobrar a população se o poder público comete falhas primárias, como se antecipar, prevenir, realizar campanhas educativas. Triste marasmo.
 
DESÍDIA ANTIGA
A Justiça de Limeira usou o termo desídia para definir a lentidão, falta de atenção e cuidado, preguiça; sobre a falta do documento dos Bombeiros que garante a segurança contra incêndio nas escolas da rede municipal. Faz 10 anos que a Gazeta de Limeira tem denunciado em reportagens. É muito grave toda esta situação, mas parece mesmo um grande descaso (e dá trabalho) desde a gestão de Silvio Félix, quando o assunto foi levantado, passando por Paulo Hadich e, agora, com Mario Botion.
 
DESCULPA
A culpa é todos os envolvidos, não só das gestões anteriores. Por sorte, nenhuma tragédia aconteceu (e espero que jamais aconteça). Não "cola" a justificativa da administração Botion, em nota, de que o assunto não foi informado pela gestão anterior. Primeiro: Botion era vereador quando o assunto foi amplamente divulgado e, ainda que não tenha condições de se lembrar de tudo, o Município tem procuradores que devem acompanhar os processos. Vamos tentar seguir em frente agora que a Justiça determinou prazo para resolver esse problema. Não é sobre política e adversários. É sobre vidas.
 
BURBURINHOS
Apesar do recesso parlamentar, o que não faltam são burburinhos. Dizem pelos lados do Edifício Prada que tem vereador "bravinho" porque não foi convidado para assumir a Secretaria da Saúde e, por isso, vai dar trabalho para deixar passar o projeto de lei que autoriza o investimento na antiga área da União. O projeto foi protocolado no início deste mês. É bacana observar. 


Busca




Assine a Gazeta e
comece a pagar só daqui 30 Dias

Se você não é assinante, mas quer assinar a Gazeta e pagar somente daqui 30 dias: digite seu Nome e Telefone








Acompanhe




Capa do Dia

Download da Capa do Dia


Colunas


Ponto
Um

Dr Roberto
Lucato


Prisma
Rafael
Sereno


Telescópio
Gil
Vieira


Enfoque
José
Encinas


Percepções
Renata
Reis


Dois
Toques

Denis
Suidedos


Bate
Pronto

Ricardo
Galzerano

Em
Questão

Nani
Camargo


Panorama
Osvaldo
Davoli


Cine
Art

José Farid
Zaine


Web Classificados


Outras Manchetes




Tráfico repõem "vendedores", mas PM insistirá nas prisões, diz major


10/12/2018

Estoril conquista o Amadorzão 2018


Droga, desemprego e brigas levam às ruas


06/12/2018

Limeira terá Código de Defesa dos Animais


Alteração de lei deve impedir 'buraqueira' em novos bairros