ENFOQUE
Gazeta de Limeira

Enfoque

por José Encinas

ENFOQUE

26/07/2018 - Colunas

Colunas


OPERAÇÃO INVERNO
A jornalista Renata Reis lembrou bem em sua última coluna que em anos anteriores a Prefeitura coordenava, junto com a Defesa Civil, Bombeiros e várias secretarias municipais, a Operação Inverno, que ajudava a prevenir problemas decorrentes da estiagem. Essa operação era feita e tinha uma grande visibilidade, pois alertava a população sobre o perigo de atear fogo em mato.
 
QUEIMADAS
Mas o que se vê hoje é que o tempo seco permanece, a Operação Inverno não existe mais, e a população continua sofrendo com as queimadas em áreas verdes, em canaviais e pouco se faz para melhorar essa situação. Muitas pessoas procuram os Prontos-Atendimentos com problemas respiratórios causados pela fumaça e pela fuligem, que continuam causando transtornos em Limeira.
 
QUEIMADAS II
Para ilustrar bem esse problema, matéria publicada na edição hoje mostra que a Defesa Civil de Limeira já registrou mais queimadas em 2018 do que no ano passado. Até a última terça-feira, foram 79 chamados relacionados a focos de incêndio, contra 70 registros em 2017 até setembro. Portanto, a população precisa se conscientizar que é fundamental prevenir qualquer situação que possa gerar uma queimada, como não colocar fogo em mato para limpeza de quintais, ou áreas verdes e não jogar bitucas de cigarro em locais inadequados.
 
NOME SUJO
Dentro de aproximadamente 30 dias a Prefeitura poderá encaminhar aos cartórios os títulos de débitos municipais, com o IPTU, ISS e taxas de licenciamento, para serem protestados e o nome do contribuinte será inserido no Serasa. Como todos sabem, quando a pessoa fica com o “nome sujo”, fica com dificuldades em conseguir empréstimos e de fazer compras no comércio, devido as pendências. Isso causa uma dor de cabeça enorme pra qualquer cidadão.
 
ARRECADAÇÃO
Acredito que essa medida, que foi viabilizada recentemente, após aprovação da lei municipal em 2015, vai ser importante para que a Prefeitura aumente sua arrecadação de impostos. Para se ter uma ideia, a dívida ativa acumulada em Limeira é de R$ 600 milhões e a expectativa é que pelo menos 10% desse valor, R$ 60 milhões, entre nos caixas do Município ainda neste ano. Seria um recurso fundamental, principalmente em uma época de crise econômica pela qual passamos.


Assine a Gazeta e
comece a pagar só daqui 30 Dias

Se você não é assinante, mas quer assinar a Gazeta e pagar somente daqui 30 dias: digite seu Nome e Telefone








Busca







Acompanhe




Capa do Dia

Download da Capa do Dia


Colunas


Ponto
Um

Dr Roberto
Lucato


Prisma
Rafael
Sereno


Telescópio
Gil
Vieira


Enfoque
José
Encinas


Percepções
Renata
Reis


Dois
Toques

Denis
Suidedos


Bate
Pronto

Ricardo
Galzerano

Em
Questão

Nani
Camargo


Panorama
Osvaldo
Davoli


Cine
Art

José Farid
Zaine


Web Classificados


Outras Manchetes




17/12/2018

Limeira tem outro acidente fatal envolvendo motocicleta


16/12/2018

Aumenta número de unidades com energia solar em Limeira


15/12/2018

Coleta seletiva não atinge 2% de resíduos recolhidos


Tido como pistoleiro, limeirense é preso no Paraguai


13/12/2018

Projeção é começar 2019 sem fila em creche, diz secretário