Bate-Pronto 
Gazeta de Limeira

Bate-Pronto 

05/10/2018 - Colunas

Colunas


PALAVRAS 1 – “O maior derrotado nestas eleições será determinado jornalismo. Nunca se viu tanta perversão, tanta canalhice, tanta servidão, tanta mentira, tanta sujeira, tanta covardia, tanto escárnio. Os jornalistas dignos – poucos – devem estar envergonhados” (Texto anônimo bombando nas redes sociais e com o qual concordo cem por cento).

 

PALAVRAS 2 – “O homem acredita mais com os olhos do que com os ouvidos. Por isso longo é o caminho através de regras e normas, curto e eficaz é através do exemplo” (Sêneca,

 

FEDENTINA - Com o aumento do número de edifícios de apartamentos na vila Queiroz, moradores da região estão dizendo que as tubulações de esgoto não estão suportando. Tem havido vazamentos para o córrego que separa o bairro da vila Teixeira Marques. E eles reclamam dos constantes maus cheiros. Com a palavra, a concessionária de água e esgoto de Limeira.

 

TRAPALHÃO - O vice do Bolsonaro parece um macaquinho que é solto dentro de uma loja de porcelanas e cristais.

 

VIDA REAL – Ouvido na bela pizzaria Micheluccio, na Avenida Saudades:

- E aí amigo, o que há de novo?

- No trecho da delação do Palocci liberado pelo Sergio Moro, ele diz que havia desonestidade em toda a estrutura do PT quando estava no poder.

- Ora, amigo, eu perguntei o que há...DE NOVO!

 

MÁ INFLUÊNCIA - Pesquisa apontou que 75% dos internautas brasileiros podem ter seus votos influenciados pelas fake news que abundam nas redes sociais. Este é um dos fenômenos negativos da era digital.

 

DESINFORMAÇÃO - Com pessoas cada vez menos informadas, pois se atêm a manchetes e não a conteúdos através de sites de notícias, mais e mais brasileiros são vítimas fáceis de notícias falsas ou manipuladas.

 

ESPERANÇA - Ao mesmo tempo há esperanças: há todo um clima de insatisfação no ar relativo á velha política da barganha, do corporativismo e da corrupção. É o que explica o fenômeno Jair Bolsonaro, um deputado de pouca expressão até há pouco tempo e que, sem tempo no horário eleitoral de rádio e TV, sem fazer campanha nas ruas há um mês, continuar liderando as pesquisas.

 

RAPOSAS - As velhas raposas do Congresso, muitas delas que infelizmente se reelegerão, precisam se sintonizar com os novos clamores populares. O brasileiro escolarizado está cansado do toma-lá-dá-cá da arcaica política brasileira. Quem lê, quem pensa com a própria cabeça, quer um fim deste jeito viciado e espúrio de se fazer política no Brasil.

 

SEM MÁGICA - Também não vamos nos iludir de que, seja lá quem vença a eleição presidencial, o Brasil melhorará economicamente do dia para a noite. Temos cerca de 14 milhões de desempregados. 63 milhões estão com as dívidas em atraso. Não será com uma varinha de condão que se resolverá isso.

 

RFORMAS - O próximo presidente terá que encaminhar rapidamente as reformas estruturais que Temer não conseguiu implementar. Principalmente a tributária e a impopular reforma da Previdência.

 


Busca




Assine a Gazeta e
comece a pagar só daqui 30 Dias

Se você não é assinante, mas quer assinar a Gazeta e pagar somente daqui 30 dias: digite seu Nome e Telefone








Acompanhe




Capa do Dia

Download da Capa do Dia


Colunas


Ponto
Um

Dr Roberto
Lucato


Prisma
Rafael
Sereno


Telescópio
Gil
Vieira


Enfoque
José
Encinas


Percepções
Renata
Reis


Dois
Toques

Denis
Suidedos


Bate
Pronto

Ricardo
Galzerano

Em
Questão

Nani
Camargo


Panorama
Osvaldo
Davoli


Cine
Art

José Farid
Zaine


Web Classificados


Outras Manchetes




Tráfico repõem "vendedores", mas PM insistirá nas prisões, diz major


10/12/2018

Estoril conquista o Amadorzão 2018


Droga, desemprego e brigas levam às ruas


06/12/2018

Limeira terá Código de Defesa dos Animais


Alteração de lei deve impedir 'buraqueira' em novos bairros