Bate-Pronto 
Gazeta de Limeira

Bate-Pronto 

17/10/2018 - Colunas

Colunas


PALAVRAS – “Se for eleito será um governo estritamente legal, dentro da lei” (Osvaldo Ferreira, oficial da reserva e um dos coordenadores da campanha de Jair Bolsonaro).

 

INICIATIVA - O projeto de expansão do programa Vizinhança Solidária, que tão certo deu no Jardim Canaã, é uma excelente iniciativa da Polícia Militar em Limeira. Dois aspectos nesse sentido merecem um olhar mais detalhado.

 

LÁ FORA - Essa relação entre vizinhos, uns cuidando da segurança dos outros, é prática comum em alguns dos países mais desenvolvidos do mundo. Na Inglaterra, país que sofreu com duas guerras terríveis no século passado, isso já é rotina há muitas décadas. Uns ajudam aos outros. Aprenderam isso nos tempos de necessidade.

 

AS DIFICULDADES - No Brasil, a implantação desse tipo de programa de ajuda comunitária entre vizinhos não é algo fácil. Há cerca de dez dias, escrevi uma crônica para esta Gazeta algo a respeito. De como os vizinhos hoje, em sua maioria, mal se cumprimentam. Será que vão compartilhar vigilâncias?

 

NADA FÁCIL - Isso deu certo no Jardim Canaã e de parabéns estão os que tomaram tal iniciativa e a levaram adiante. Mas não é algo fácil para se expandir por toda a cidade. Hoje, pelo individualismo e desconfiança generalizados que ocorrem entre os brasileiros, a filosofia corrente é cada um por si e Deus por todos. Infelizmente.

 

E DÁ-LHE PESQUISAS – Ontem pela manhã foi divulgada uma pesquisa realizada pelo Instituto FSB, contratada pelo BTGPactual. Deu 59% dos votos válidos para Bolsonaro e 41% para Haddad. À noite, o Ibope confirmou os mesmos números.

 

CRISTALIZADO - A meu ver, a eleição está praticamente decidida. Nem se forem divulgadas fake news contra Bolsonaro desses tipos ele cai nas pesquisas:

1) batia na mãe quando criança por falta de mistura;

2) matava passarinho com estilingue;

3) amarrava bombinhas de São João em rabo de gato;

4) colocava escorpião no sapato do avô.

 

CONSTATAÇÃO – O eleitorado de Bolsonaro parece cristalizado.

 

DEVER DE CASA 1 - Há cerca de dois meses, quando ocorreu aquele trágico desabamento de um viaduto numa cidade italiana, comentei aqui que as prefeituras do Brasil, espelhadas naquela desgraça, começassem um minucioso trabalho de vistoria dos viadutos existentes nas cidades.

 

DEVER DE CASA 2 -  E que os governos estaduais, federal e as concessionárias de rodovias fizessem o mesmo nos milhares de viadutos existentes em nossas estradas.

 

BOA NOTÍCIA - Portanto, a iniciativa do prefeito Mario Botion em criar uma comissão especializada para avaliar os viadutos de Limeira tem que ser aplaudida.

 

NOSSO TRÂNSITO - Números ontem divulgados apontam 55 mortos nas estradas federais no feriado prolongado. Se houvesse estatística mostrando as mortes todas nas estradas estaduais, nas vicinais e nas ruas e avenidas das cidades brasileiras no feriado, poderia se multiplicar pelo menos por 4 o número de óbitos.

 

PERGUNTA – Você está se prevenindo contra a dengue cuidando do local onde reside? E será que seus vizin


Busca




Assine a Gazeta e
comece a pagar só daqui 30 Dias

Se você não é assinante, mas quer assinar a Gazeta e pagar somente daqui 30 dias: digite seu Nome e Telefone








Acompanhe




Capa do Dia

Download da Capa do Dia


Colunas


Ponto
Um

Dr Roberto
Lucato


Prisma
Rafael
Sereno


Telescópio
Gil
Vieira


Enfoque
José
Encinas


Percepções
Renata
Reis


Dois
Toques

Denis
Suidedos


Bate
Pronto

Ricardo
Galzerano

Em
Questão

Nani
Camargo


Panorama
Osvaldo
Davoli


Cine
Art

José Farid
Zaine


Web Classificados


Outras Manchetes




Tráfico repõem "vendedores", mas PM insistirá nas prisões, diz major


10/12/2018

Estoril conquista o Amadorzão 2018


Droga, desemprego e brigas levam às ruas


06/12/2018

Limeira terá Código de Defesa dos Animais


Alteração de lei deve impedir 'buraqueira' em novos bairros