Bate-Pronto 
Gazeta de Limeira

Bate-Pronto 

09/11/2018 - Colunas

Colunas


PALAVRAS – “Devemos medir o sucesso dos programas sociais pelo número de pessoas que deixam de recebê-lo e não pelo número de pessoas que são adicionadas” (Ronald Reagan, ex-presidente dos Estados Unidos).

 

NA CONTRAMÃO - O PT, espertamente, seguia caminho inverso. Quanto mais pessoas recebendo ajuda dos programas assistenciais de seus governos, mais eleitores conquistava para se manter no poder. Pelo jeito, felizmente, isso acabou.

 

ÚLTIMA ETAPA - Este modo de governar só serviu nesta eleição para eleger ou reeleger governadores que mantinham verdadeiros currais eleitorais com este assistencialismo ad perpetum.

 

PROVÉRBIOS DA VOVÓ - “O importante não é dar o peixe. É ensinar a pessoa a pescar”. É isso aí.

 

A MELHOR DO BRASIL - A São Martinho foi considerada a MELHOR EMPRESA BRASILEIRA do ano para se trabalhar pela revista Exame. Com origem na família Ometto, está entre as maiores empresas sucroalcooleiras do país.

 

DISPUTA ACIRRADA- A pesquisa deste ano teve participação de 500 empresas “que se inscreveram voluntariamente para uma minuciosa análise”, explica a revista. Os resultados foram divulgados esta semana.

 

POTÊNCIA - A São Martinho possui quatro unidades: em Pradópolis, em Iracemápolis (a Usina Iracema), em Américo Brasiliense e em Quirinópolis, com capacidade aproximada de moagem de 24 milhões de toneladas de cana anuais. Emprega mais de 11 mil funcionários.

 

POBRE PRAÇA – Um limeirense da gema, bairrista como poucos, me abordou recentemente. Falou, desolado, sobre a quantidade de moradores de rua e que, com seus respectivos cães, fazem da praça central de Limeira, a Toledo Barros, que deveria ser um de nossos cartões postais da cidade, as suas moradias.

 

BLITZ - Na quarta-feira, a Guarda Municipal, em conjunto com o Ceprosom, fez o que se convencionou chamar de “abordagem social” em três praças centrais de Limeira; a Toledo Barros, a Luciano Esteves e do largo da Boa Morte. Tal abordagem incluiu 32 moradores de rua.

 

REMENDOS - Na verdade, não há solução para a questão dos moradores de rua, que estão por toda parte, em Limeira e em todo o país. São um subproduto da crise econômica aliada à desestruturação familiar, acrescidas do vício em álcool e drogas. Há paliativos, há “remendos” no esgarçado tecido social brasileiro.

 

VOCÊ É ANTIGO (A)? - 1) Chegou a assistir ao seriado de TV “O Fugitivo”, da década de 60, e que mais tarde virou ótimo filme protagonizado por Harrison Ford?

2) E ao seriado Kojak?

3) E ao seriado Columbo?

 

OS PRINCIPAIS - Esta semana deu para sentir, foi um “aperitivo” dos dois principais problemas que o presidente Jair Bolsonaro vai enfrentar a partir do momento que assumir. Que são o Congresso e parte da chamada grande imprensa.

 

CHIQUEIRO - O Congresso, ainda com lideranças antigas, “raposas velhas”, vai resistir, não vai se adaptar facilmente com o fim do “toma-lá-dá-cá que sempre foi um dos principais fatores da corrupção endêmica de nossa política.

 

CHOROSOS - E pa


Busca




Assine a Gazeta e
comece a pagar só daqui 30 Dias

Se você não é assinante, mas quer assinar a Gazeta e pagar somente daqui 30 dias: digite seu Nome e Telefone








Acompanhe




Capa do Dia

Download da Capa do Dia


Colunas


Ponto
Um

Dr Roberto
Lucato


Prisma
Rafael
Sereno


Telescópio
Gil
Vieira


Enfoque
José
Encinas


Percepções
Renata
Reis


Dois
Toques

Denis
Suidedos


Bate
Pronto

Ricardo
Galzerano

Em
Questão

Nani
Camargo


Panorama
Osvaldo
Davoli


Cine
Art

José Farid
Zaine


Web Classificados


Outras Manchetes




Tráfico repõem "vendedores", mas PM insistirá nas prisões, diz major


10/12/2018

Estoril conquista o Amadorzão 2018


Droga, desemprego e brigas levam às ruas


06/12/2018

Limeira terá Código de Defesa dos Animais


Alteração de lei deve impedir 'buraqueira' em novos bairros