Bate-Pronto
Gazeta de Limeira

Bate-Pronto

por Ricardo Galzerano

Bate-Pronto

12/10/2018 - Colunas

Colunas


PALAVRAS 1 – “A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplauso” (Charles Chaplin).

 

PALAVRAS 2 – “Mesmo que não saibamos exatamente o que pedir ao Pai, se houver amor em nossos corações receberemos até o que não pedirmos” (Chico Xavier).

 

S.O.S. SEMÁFORO - Mostra-se urgente a instalação de um semáforo no cruzamento da Avenida Piracicaba com a Rua Euclides Xavier de Limeira, local popularmente conhecido como a esquina da D. Paschoal. É difícil passar uma semana sem um acidente de trânsito no local. No ano passado uma pessoa morreu naquele cruzamento.

 

MAU CHEIRO? – Na semana passada retratei aqui a reclamação de algumas pessoas a respeito do mau cheiro emanado do córrego que separa a vila Queiroz da vila Teixeira Marques. A BRK se manifestou.

 

NO LOCAL - A concessionária de água e esgoto de Limeira, através de sua assessoria de imprensa, diz que técnicos estiveram no local, realizaram coletas e análises nos córregos Anavec e Santa Cruz, bem como a equipe de manutenção de esgotos realizou inspeção sem encontrar “anomalias”.

 

LIGUEM LÁ-  Aos moradores da região só me resta sugerir que liguem para a concessionária quando sentirem odores desagradáveis no local.

 

CAUTELA - A renovação da política através do voto ocorrida agora, a maior desde 1989, deve ser saudada com cautela. Várias velhas raposas foram derrotadas, outras se reelegeram. E maçãs podres, minha mãe já me dizia desde pequenino, podem contaminar uma cesta toda repleta de frutos sadios.

 

NOVOS TEMPOS - O importante é que quem foi eleito ou reeleito agora se sintonize que os tempos são outros. Muitos dos que se elegeram há quatro anos estão presos ou processados. Surgiu na vida brasileira a Lava Jato e pegou figurões de surpresa, gente que achava que podia deitar e rolar com o dinheiro público impunemente para sempre. Caíram do cavalo.

 

FIM DE LINHA - Os tempos são outros, os brasileiros estão mais críticos, as instituições estão sólidas. Acabar com a corrupção é utopia. Estancá-la, entretanto, já se mostrou que é perfeitamente possível. Ou através das garras de lei ou do voto popular.

 

SADIA AFINIDADE - Uma coisa que pouco se disse, mas vale a pena ressaltar: tem sido o alinhamento político de Miguel Lombardi e Mario Botion – mesmo sendo de partidos diferentes – que tem feito Limeira receber recursos que antes eram inacessíveis para a cidade.

 

O QUE PASSOU, PASSOU - Já tivemos deputados federais e deputados estaduais eleitos por Limeira. Mas as rixas de então entre eles e os prefeitos de nossa cidade na época geraram um descrédito em muitos limeirenses sobre a importância de termos nossos representantes em Brasília e em São Paulo. Um queria passar a rasteira no outro. A afinidade entre Botion e Lombardi terminou com esse descrédito, felizmente.

 

TEMPOS ATUAIS - Os números assustam: 11 mil suicídios por ano no Brasil, atualmente. Temos mais de 11 milhões de pessoas depressivas, e é a depressão a maior causa destas mortes. A pergunta &e


Busca




Assine a Gazeta e
comece a pagar só daqui 30 Dias

Se você não é assinante, mas quer assinar a Gazeta e pagar somente daqui 30 dias: digite seu Nome e Telefone








Acompanhe




Capa do Dia

Download da Capa do Dia


Colunas


Ponto
Um

Dr Roberto
Lucato


Prisma
Rafael
Sereno


Telescópio
Gil
Vieira


Enfoque
José
Encinas


Percepções
Renata
Reis


Dois
Toques

Denis
Suidedos


Bate
Pronto

Ricardo
Galzerano

Em
Questão

Nani
Camargo


Panorama
Osvaldo
Davoli


Cine
Art

José Farid
Zaine


Web Classificados


Outras Manchetes




Tráfico repõem "vendedores", mas PM insistirá nas prisões, diz major


10/12/2018

Estoril conquista o Amadorzão 2018


Droga, desemprego e brigas levam às ruas


06/12/2018

Limeira terá Código de Defesa dos Animais


Alteração de lei deve impedir 'buraqueira' em novos bairros