ENFOQUE 
Gazeta de Limeira

ENFOQUE 

22/11/2018 - Colunas

Colunas


MÉDICOS CUBANOS

A saída dos médicos cubanos do Brasil, de forma repentina, vai acabar prejudicando o atendimento em vários municípios, inclusive Limeira, que contava com 38 profissionais nos postos de saúde. A questão política falou mais alto e agora quem vai ficar sem atendimento serão os mais necessitados, como sempre. O presidente eleito Jair Bolsonaro deu declarações que levaram o governo cubano e encerrar o acordo que havia sido feito durante o governo do PT.

 

IRREGULARIDADES

Concordo que existem muitas irregularidades nesse processo, como a falta de revalidação do diploma de médicos, o alto índice de dinheiro que seria para os profissionais e que acaba sendo enviado para o governo cubano, entre outras. No entanto, acredito que antes de qualquer declaração contra esse programa, seria necessário ter um “Plano B”, para que aqueles que mais precisam não ficassem sem atendimento.

 

INSCRIÇÕES

O que já está ocorrendo são inscrições para o Programa Mais Médicos, para tentar cobrir essa falta de profissionais. O governo já avisou que são mais de 8,5 mil vagas, para atuar em três mil municípios. Muitos médicos vão se candidatar para esses cargos, mas nem todos vão querer atender os municípios pequenos, situados no interior do Brasil, principalmente naqueles com pouca estrutura. Em muitas cidades pequenas, os únicos médicos que atendiam, eram os cubanos. Agora, não há mais nenhum. Isso, poucas pessoas comentam. É fácil condenar o programa quando se tem plano de saúde.

 

REMANEJAMENTO

Em Limeira, o secretário de Saúde, Vitor Santos, informou ontem que os 38 médicos cubanos do Programa Mais Médicos, deixaram, desde ontem, de atender nas Unidades Básicas de Saúde do município. Para tentar não causar transtornos para os limeirenses, o secretário disse que já está trabalhando no remanejamento de nove médicos brasileiros que continuarão no Programa Mais Médicos e de outros 18 profissionais que atuam na Atenção Básica como clínico geral.

 

EMERGÊNCIA

Tomara que essa medida de emergência adotada pelo secretário Vitor Santos dê resultados e que ninguém fique sem consulta nos postos de saúde. Ele disse que isso vai ocorrer até que o Governo Federal selecione novos médicos para ocupar essas vagas.


Assine a Gazeta e
comece a pagar só daqui 30 Dias

Se você não é assinante, mas quer assinar a Gazeta e pagar somente daqui 30 dias: digite seu Nome e Telefone








Busca







Acompanhe




Capa do Dia

Download da Capa do Dia


Colunas


Ponto
Um

Dr Roberto
Lucato


Prisma
Rafael
Sereno


Telescópio
Gil
Vieira


Enfoque
José
Encinas


Percepções
Renata
Reis


Dois
Toques

Denis
Suidedos


Bate
Pronto

Ricardo
Galzerano

Em
Questão

Nani
Camargo


Panorama
Osvaldo
Davoli


Cine
Art

José Farid
Zaine


Web Classificados


Outras Manchetes




17/12/2018

Limeira tem outro acidente fatal envolvendo motocicleta


16/12/2018

Aumenta número de unidades com energia solar em Limeira


15/12/2018

Coleta seletiva não atinge 2% de resíduos recolhidos


Tido como pistoleiro, limeirense é preso no Paraguai


13/12/2018

Projeção é começar 2019 sem fila em creche, diz secretário